Gospel Notícias

Muralha da época do primeiro Templo é descoberta em Jerusalém

Arqueólogos encontraram restos das muralhas de Jerusalém da época do Primeiro Templo. A descoberta se deu durante escavação no Parque Nacional da Cidade de David.

A autoridade de Antiguidades de Israel (AAI), que realizou as escavações, revelou um pedaço da muralha que teria protegido Jerusalém por volta de 150 a 200 anos no século 8, antes da cidade ser invadida pelos Babilônios e ter seu templo destruído em 586 a.C.

De acordo com o diretor da escavação, Dr. Filip Vukosavocic, do Centro de Pesquisa da Jerusalém Antiga, o Dr. Joe Uziel, e Ortal Chalaf do AAI, a muralha protegeu a cidade de Davi em vários ataques durante o período dos reis de Judá.

“Os restos das ruínas podem ser vistos nas escavações arqueológicas. No entanto, nem tudo foi destruído e partes das muralhas, que estiveram e protegeram a cidade por décadas e mais, permanecem de pé até hoje”, acrescentaram.

Nova seção faz parte de achados antigos

Os muros que foram expostos recentemente provavelmente tinham 2,5 metros de altura e 5 metros de largura, e fazem parte de outras seções que foram escavadas anteriormente.

Em 1960 a arqueóloga britânica Kathleen Kenyon descobriu uma parte da parede da época de Judá na parte norte da encosta leste, Cerca de 10 anos depois, o arqueólogo Yigal Shiloh descobriu um longo trecho da mesma muralha na parte sul.

Durante décadas, pedaços do muro ainda eram procurados, levando alguns a duvidarem que os achados não eram restos dos muros de Jerusalém. No entanto, agora os arqueólogos acreditam que a nova descoberta faz parte das anteriores.

Segundo o CBN News, perto da parede, os arqueólogos também encontraram um selo da Babilônia feito de pedra, com dois deuses estampados. Um selo de argila com um nome pessoal da Judéia “Tsafan” também foi encontrado.

 

 

Fonte: Gospel Prime

Foto: Koby Harati/Cidade de David

Escreva um comentário

Your email address will not be published.

You may also like

Leia mais